ConAm acompanha o início das convocações de áreas prioritárias na região metropolitana de São Paulo

Publicada em 08 de fevereiro de 2017, a Resolução SMA nº 11, que dispõe sobre a definição das regiões prioritárias para a identificação de áreas contaminadas, está em vigor. As chamadas para investigação foram iniciadas em todas as regiões definidas pela Secretaria do Estado do Meio Ambiente. Os empreendimentos em atividade situados nessas regiões, desde que enquadrados como Atividades Potencialmente Geradoras de Áreas Contaminadas, em consonância com a Resolução SMA nº 10, publicada na mesma data, deverão realizar Avaliação Preliminar e Investigação Confirmatória no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contatos da data de convocação pela CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.


As regiões prioritárias que devem realizar Avaliação Preliminar e Investigação Confirmatória estão localizadas na Barra Funda, Mooca, Chácara Santo Antônio e Jurubatuba. Consulte aqui as regiões prioritárias definidas pela Resolução SMA nº 11.


Já as atividades potencialmente poluidoras estão disponíveis na Resolução SMA º 10, destacando-se as atividades fabris como tecelagem, papel e celulose, atividades de impressão, fabricação de produtos químicos, oficinas mecânicas, metalurgia, lavanderias, serviços de sepultamento, entre outras.


A ConAm já está trabalhando com algumas áreas que se enquadram nesta exigência. Com a experiência de 15 anos no mercado, já investigou mais de 1 milhão de metros quadrados somente na região metropolitana de São Paulo. Contamos com uma estrutura ágil, que resulta em uma forte atuação no mercado imobiliário da Grande São Paulo.

Fonte: SMA nº 11 (2017)